Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim Voltar ao poema original      


Espero Que Haja Um Fantasma

Há um fantasma em minha cabeça
quando vou para a cama.

Há um processamento que nunca dorme
em minha cabeça, em minha cama,
e dá arrepios,
arrastando pés,
e ele salta -
coberto com meu lençol -
para me assombrar,
sem ter como fugir,
há um fantasma
que me assusta ao máximo,
rangendo correntes
dentro da minha mente,
descobrindo a minha dor.

Há um fantasma em meu coração
e eu não quero que ele se vá.


(Júlio B.)
www.000webhost.com