HOSPEDADO NA TASK - Hospedagem de sites e e-mail Registro de domínios Servidor virtual Hospedagem de servidor

Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim Voltar ao poema original      


Cinturão de Órion Revisitado

Eu não sou o cara mais feliz do mundo,
mas eu estou feliz.
Verdade, eu estou.
Eu posso ficar pra baixo às vezes, é claro,
mas eu estou feliz por dentro.

Você se lembra das estrelas
que eu costumava admirar
e sonhava em poder tocar?
Eu posso tocá-las agora,
então, por que diabos eu deveria ficar triste?

Levanta.
Curativo. De pé. Vai. Fala mais.
A dor é inevitável!
Ah! Sangue. Beterraba na água.
Gemido. Sem silêncio. Mensagens.
Cu novo. Coração novo. Cicatrizado. Vamos lá!
Mudanças são bem vindas. Aaaahhhh!
Sólido. Mente e contos. E um monte de sangue.
Levanta e dá uma olhada no espelho:

- Sou eu.
Menos restritivo. Ativo.
Talvez eu pudesse estar agindo muito mais,
criando mais,
mas eu estou definitivamente de boa com isso.


(Júlio B.)