Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim Voltar ao poema original      


Esplêndido Ar

Ele me apontou o mais esplêndido ar,
cruzando a ponte sobre o rio que vamos compartilhar.

Agora que tenho sua afeição e cuidado,
posso fazer qualquer boa ação, estou preparado.

Com ele, a solidão é passado, é página virada,
eu posso voar rápido, não sou uma alma enjaulada.

Porque ele é a minha cura, minha ordem, meu teste final,
porque ele é puro, minha redenção, ar angelical.

Desenho a calçada inteira escrevendo que ele é meu,
escrevo o verso de amor mais bonito que já se escreveu.


(Júlio B.)
www.000webhost.com