Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim Voltar ao poema original      


Enfrentando Os Leões

Você pode me ligar quando você quiser
pra rugir suas ameaças tão egoístas,
pra cuspir em mim suas besteiras,
e eu tenho de engolir sem reclamar
porque eu sou o elo mais fraco da corrente.

Você pode contar as suas mentirinhas,
mas nós não podemos, certo?
Você pode ler a nossa correspondência,
e verificar cada mísero detalhe,
a mim simplesmente não é permitido a falhar.

Se outra pessoa faz algo de errado, tudo bem,
todo mundo comete enganos, você diz,
mas se eu cometer, oh, como eu sou pecador!
E você vai ter uma excelente desculpa
para acabar comigo, não vai?

Você pode acreditar no que você acredita,
mas nós somos ingênuos,
nós somos cegos, não podemos conceber
a verdade em sua cabeça,
mas você sabe como nos recuperar,
e nos mostrar a luz.

Você possui o significado do amor,
você sabe disso e de tudo acima,
e nós não nos encaixamos nele.
Seria melhor eu desistir
caso contrário, eu vou enfrentar o poder do seu ataque.

Bem, aqui na selva, você pode ser o rei.
Enquanto você for mais forte, você pode ficar rugindo.
Você é o predador alfa, a peça fundamental,
é fácil, não é mesmo, lutar de um trono?
Mas eu ainda estou aqui enfrentando você sozinho,
se isso não é amor, cara, por que eu insisto em continuar?


(Júlio B.)
www.000webhost.com