Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim Voltar ao poema original      


Tempo Para As Flores Romperem

Estou aqui olhando longe enquanto o vento espalha o pólen no ar.
Um segredo é revelado por meus sentidos: dias melhores vão chegar.

Sentado neste jardim de cidade grande, eu vejo as folhas caírem...
Imito-as e me deito no chão, dedos cruzados pras coisas resistirem...
Noto que ando em círculos enquanto não há primavera pra atravessar...
Tento ir rápido sempre que o vento fica a favor do meu desejar.
Olha, depois da queda, saiba que as flores vão novamente brotar.

Mas deixe as cores da estação purificarem as cicatrizes que negamos.
Um pouco acima, as nuvens esparsas são indiferentes ao que tentamos.
Imagina, querido, me sinto tão culpado, queria confessar de verdade...
Talvez eu só piore as coisas, sua relação já está sem estabilidade.
Oh, eu não consigo me controlar quando vejo uma chance de felicidade.


(Júlio B.)
www.000webhost.com