Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


O Dia Em Que Não Houve A Meia-Noite

Era tão cedo.
E de repente era tarde demais.
Era o seu rosto, era o seu corpo, até o sorriso era o seu.
Só a pessoa ao seu lado que não era eu.

Mas aquela noite foi mais curta do que as demais
e nem deu muito tempo para eu me abalar.
Também não fui tão forte assim para te encarar.
Eu tentei, mas foi em vão.
Fugi do seu olhar, eu confesso.
Voltei para casa pelo avesso.
Caminhando sozinho, tropeçando nos sonhos, cantando a solidão.


(Júlio B.)
www.000webhost.com