Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Fora D'água

Temporário.
Não mais que imaginário.
Um instante e se foi.

Ei, esse era o meu sorriso!

Pra quem olha, um aviso.
Pra quem ignora, um pedido de atenção desesperado,
um olhar ignorado.

Lábios mímicos.
Passos rítmicos.
Dança solitária na pista dos desejos ardentes.

O que é isso?
O que é isso que está me deixando doente?

Voláteis contos de fada.
Não mais que a realidade recriada.
Textura de veludo e postura teatral.
Um temporal.

Tenho sido um peixe fora d'água,
mas sei que é temporário.
Qualquer dia desses, eu digo adeus, aquário.


(Júlio B.)
www.000webhost.com