Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Reconstruído

As tempestades sempre recaem sobre minhas lágrimas
e eu me reconstruo por instinto.
O fascismo se arremessa contra meus alicerces,
mas minha arquitetura é regenerativa.
O mecanismo é imediato.

Já tive medo de ser sensato
por temer deixar de aproveitar tudo o que gostaria,
mas não tenho mais.
A lucidez me aponta os caminhos a serem refeitos.
Tudo nem sempre sai do meu jeito,
mas já me basta o "de vez em quando".

Um dia vai dar certo.
Eu acredito em mim o tempo quase todo.
Um dia o amor vai dar certo pra mim.
E vou me reconstruindo até lá.


(Júlio B.)
www.000webhost.com