Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Pedras

Já fui negligente, eu sei,
ausente nas vidas que deveriam ser minhas,
deixando a erosão do tempo degradar meus terrenos férteis.

Nesse instante me dirijo a um lugar onde tantas vezes sofri por ter de ir.
Já encarei meu destino de hoje como uma pedra no sapato.
Mas, agora, é água passada.
Hoje, é quase uma despedida.
Adeus à essa casa que tanto me limitou.

Sim, esse destino realmente foi uma pedra no meu caminho.
Mas construí outro caminho (e não irei mais lá depois de hoje).

Agora o horizonte é mais amplo e a vida é mais minha.
Deixar a segurança pacata que me sufucava tem me permitido respirar.
Estou inseguro, é óbvio.
Mas estou vivo.
E ironicamente prudente.


(Júlio B.)
www.000webhost.com