Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Agridoce Reencontro

E as conspirações cósmicas continuam.
Mas ainda tenho forças para brigar contra o tempo.
Ainda tenho cabeça para fazer tudo o que precisa ser feito.

Lutei contra ciclopes e destruí muralhas.
Alonguei curtos períodos de percurso.
E fiz isso tudo por você,
pelo nosso reencontro.

Um pouco atrasado, é verdade, mas cheguei.
E tenso, e elétrico, e ligado.
Você tão calmo.
Tão diferente.
Eu também.

Sigamos.
Narradas nossas retrospectivas, vamos adiante.
A noite pretensiosamente nos convida.

Num foguete espacial, encontramos nossos caminhos comuns.
E até beijo na boca.
E a sensação agridoce de ser eu mesmo.

Queria te abraçar e ficar juntinho de você eternamente.
Queria conversar com você eternamente.
E queria te desejar como desejo o que agora você sabe.
Queria que fosse você.
Amargo sentimento saber que não é você.

Sigo.
É isso o que fazemos sempre em busca de dias melhores, não é?
Seguimos adiante...

Tenha uma boa noite.
E torço para que encontre alguém muito especial.

Ser eu mesmo já me impede de vencer.
E você... você é pessoa mais legal que conheci nesses últimos tempos.
Sempre guardarei uma doce lembrança de você.
E uma pontinha de tristeza por ter botado tudo a perder.


(Júlio B.)
www.000webhost.com