Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Aprender A Voar

Listras brancas,
qualquer sonho, qualquer dia.
Sexta-feira.

Ainda aqui,
o tempo erra,
o ferro no ar,
os gigantes na terra.
E nada disso eu quero.

Eu quero é voar,
ver a terra encolher,
virar um chão de nuvens
num horizonte de azul.

E irei,
voando alto,
sonhando alto.
Até aterrissar na areia.
O sal na água, no corpo.
O sol.

Serei sem restrições,
entre pessoas desconhecidas
e formas que me encaixo,
novos ares, novos sons,
onde está o baixo?

Passagens em mão,
agora é só esperar.

E vou voar.
Pelo ar,
até o mar...


(Júlio B.)
www.000webhost.com