Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Nem Tudo Na Vida É Felicidade

Vivo triste,
estou triste,
sou triste,
um palhaço triste.

Mas não é pra fazer charme,
muito menos dar falso alarme,
é que a vida vive a negar-me
o que preciso pra tentar ser feliz.
O tempo todo foi o que mais quis,
o que deu pra fazer, eu fiz,
mas não deu certo nem assim.
Não depende só de mim.
Então, o que fazer por fim?
Sigo cabisbaixo e calado,
cheio de sentimento abortado.
Em meu coração machucado,
nada mais do que decepção,
milhares de esperanças em vão
e mais um monte de decepção.
Se sorrio, é passageiro,
a tristeza vem ligeiro.
É assim o tempo inteiro,
a minha vida subutilizada,
solitária e complicada,
um monte de tentativa frustrada,
tentativas de ser feliz de verdade...
Mas quanta ingenuidade!
Nem tudo na vida é felicidade.
Como só agora fui eu perceber?
A tristeza também é parte de viver,
a tristeza e tudo mais que deve haver.
Desilusão, frustração, decepção,
aflição, mágoa, medo, preocupação,
remorso, tédio, depressão, solidão,
pequenos prazeres, surpresa, paixão,
alegrias simples, inspiração, indecisão,
entusiasmo, esperança, resignação,
piedade, egoísmo, curiosidade,
melancolia, saudade, ansiedade...
E todas as coisas que não felicidade.
Tudo isso faz parte da vida!
Seja ela mais ou menos sofrida,
acaba sendo assim, não tem saída.

Vivo triste,
estou triste,
sou triste,
mas tudo bem,
nem tudo na vida é felicidade!


(Júlio B.)
www.000webhost.com