Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Atordoado

Eu não estou realmente procurando,
eu estou divagando,
meus olhos de águia estão dispersos,
ou destreinados,
dez anos de escravidão deixam marcas.

Eu não estou realmente atirando,
mal saco a arma,
nem lembro direito onde é o gatilho...
Lembro, mas existe uma latência agora
entre pensar e puxá-lo.

Eu não estou realmente dando uma guinada,
eu não estou pensando em nada,
só me dando um tempo pra pensar,
porque estou atordoado,
mas sei que isso vai passar.


(Júlio B.)
www.000webhost.com