Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Pedigree

Não foi você quem eu vi,
mas estava no seu pedigree,
nessa palavra equivocada,
comicamente por você usada,
mas nem falei nada,
aliás, só fiz você perceber
o engano que acabara de cometer
apenas por citar o que você queria dizer,
mas sem deixar transparecer
que eu estava a te corrigir.
Não foi você quem eu vi,
mas estava tudo em ti,
o charme da sua geração,
o que me chama tanto a atenção,
cada instinto, cada pulsão.
Atirei no seu irmão,
e acertei em você de raspão,
e o mais louco nisso tudo
é que não precisei de escudo
nem nada pra me defender.
Foram os seus que me trouxeram você.
Aí sim eu te vi.
Estava no seu pedigree.


(Júlio B.)
www.000webhost.com