Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Volume de Vida

O vazio foi preenchido.
A vida de cão acabou.
Agora é denso,
é consistente,
é sempre muita gente,
mal dá tempo pra sofrer
o que outrora
seria um oceano de tristeza,
mas quando um compromisso
adentra no outro,
quando as bordas se interpõem,
não sobra respiro pra lamento,
pra chorar alguma desventura,
mal sobra água pras lágrimas
de tanto suor e mangas arregaçadas,
no ritmo alucinante
desse volume de vida.


(Júlio B.)
www.000webhost.com