Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


O Descobrimento de Mim

Em primeiro lugar,
eu não quis me descobrir.
Você tentava encontrar
óbvias especiarias
nas Índias do lugar comum,
e acabou me descobrindo.
Mas eu já existia antes disso!
Existo e resisto.

Ademais,
era Abril,
como em outro famoso
descobrimento vil,
o do Brasil,
mas deste prefiro
as palavras russas:
"Será que você vai saber
o quanto penso em você
com o meu coração?"

Por fim,
agora descoberto,
desnudo em minha carne,
em minhas terras férteis
e até antes de ti virgens,
eu te perdoo pela invasão,
assim como você me perdoou
por não mencionar os índios,
mesmo porque agora é tarde,
não há como me encobrir novamente
diante dos teus olhos belos.

Mas eu te questiono:
saber dos índios na floresta
muda o sabor do meu beijo?
"Quem está agora ao seu lado?"


(Júlio B.)
www.000webhost.com