Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Um Adendo

Quando eu transcendo,
quando eu finalmente entendo
quem de fato é o minuendo
deste cálculo horrendo,
o fim eu compreendo
e enfim eu me desprendo.

Mas não, eu não me rendo!
E nem me arrependo.
Eu sei, eu não aprendo,
e faço ainda um adendo:

- Eu cheguei até aqui sozinho,
posso ir mais um pouquinho.


(Júlio B.)
www.000webhost.com