Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Certeza

Um dia dos que levamos como emblema,
alguém que sentia algo por mim
escreveu-me suas dúvidas em um poema
que era mais ou menos assim:

"Eu não sei onde você está agora.
Queria estar aí!

Eu não sei como você está agora.
Queria estar aí!

Eu não sei se seu coração está triste agora.
Eu não sei se sua voz está fraca.
Eu não sei se em teus olhos tem lágrimas.

Eu só sei
Que queria estar aí!".

Foi, até este momento em minha vida,
a única declaração que eu recebi.
Ainda aéreo pela mensagem recebida,
o seguinte eu a ele respondi:

"Eu também não sei onde você está agora.
E eu também queria estar aí!
Mas nós simplesmente não podemos...
E só me consola a certeza de que você existe.

Eu também não sei como você está agora.
Se o seu coração bate apertado,
ou se há tristeza em seus olhos,
Eu não sei se seu semblante traz um sorriso
ou se nesse instante se afoga em lágrimas.
Mas tenho certeza de que queria estar ao seu lado.

A distância é sádica,
e nós somos inocentes corajosos.

Eu não sei se você também
pensa em mim o tempo todo,
ou se um dia isso vai ser real.

Eu não sei muitas coisas sobre você,
assim como você não sabe sobre mim,
Mas meu coração me assegura
as certezas de que preciso."

E depois nunca mais nos falamos.


(Júlio B.)
www.000webhost.com