Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Castelinho da Vida Real

Construí um castelo de sonhos
que, ao acordar, desmoronou.
Construí um castelo de cartas,
que ruiu quando o vento soprou.

Assim, de ilusão em ilusão,
acabei desistindo dos castelos.
Eu nunca fui tão ingênuo,
os sonhos é que eram belos.

Mas nunca desisti de tentar,
de fazer isso ser concreto,
só tive que traçar um plano
para tê-los sob o meu teto.

Eu construí um castelinho
com o que eu tinha na mão,
um castelinho da vida real,
torre onde dorme meu coração.


(Júlio B.)
www.000webhost.com