Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Meio Bipolar

Tatuei sorrisos invisíveis nos lábios
e acreditei no poder dos dizeres sábios:
acordei numa encruzilhada ensolarada,
a vista embaçada por lágrimas do nada.

Tentei outras maneiras de felicidade,
mas não sei ceder à ponderabilidade.
Dizem que bater o pé assim é burrice,
mas não quero abrir mão de minha esquisitice.

Acaba sendo meio infeliz ser assim,
mas é feliz de verdade a outra metade,
deixando a balança em notável igualdade.

Eu não sei dar o que o meio espera de mim,
nem me posicionar ante a realidade.
Só sei dos sonhos e da minha ansiedade.


(Júlio B.)
www.000webhost.com