Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Sutis Reticências

Temos então que dizer aquele boa noite
que nenhum dos dois queria dar,
temos que fingir que podemos controlar
o entusiasmo incontrolável de continuar,
de prolongar o flerte tácito,
temos que inventar pretextos pra parar,
pra ter o gostinho de quero mais,
antagonismos bobos que queremos enfrentar,
pra costurar uma trama que explique
o sorriso de contentamento ao acordar,
sorriso que quase explode nos lábios
que não podem por descuido demonstrar
que contam as horas no horário de trabalho,
as horas pro próximo encontro chegar.
Temos esse ânimo que vem de dentro,
essa euforia que vem nos arrebatar,
esse sentimento há tanto esperado,
os olhares reticentes que deixamos no ar...


(Júlio B.)
www.000webhost.com