Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Borboletas no Estômago

Acelera,
tempo sempre é curto,
corre,
busca,
vai que dá...
Faz mágica pra abrir o sinal,
acredita na onda verde,
a Antônio Carlos tá sempre em obras,
ainda mais nesses dias em que os desejos
pendem sempre pros lados da Pampulha.
Oh, consequências de David Beckham!
Ouça If She Wants Me pra inspirar,
pra dar o movimento certo às palavras.
Escreva,
escreva, escreva, escreva.
Você precisa voltar a escrever.
Dezoito quilômetros pra ver borboletas no ar,
dezesseis pra ver o impossível se realizar,
quinze pra levar de volta pra lá,
dezesseis de novo pra cá.
Saltando de cachoeiras sem se molhar,
treze pra não deixar nada sem tentar,
e mais treze pra voltar.


(Júlio B.)
www.000webhost.com