Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Água de Beterraba

Nem sempre a gente tem escolha,
nem tudo vem em plástico bolha,
às vezes chove e a gente molha,
às vezes sofre e ninguém olha.

Quando dá hora até congelo,
a tal hora de bater o martelo.
Mesmo sendo feito com zelo,
dói, mas é preciso fazê-lo!

Tem solução que é mesmo amarga,
e tem horas que a gente desaba
quando é muito pesada a carga.

Todo sofrimento um dia acaba,
um dia enfim vou dar descarga
em toda essa água de beterraba.


(Júlio B.)
www.000webhost.com