Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Face Branca

Eu me olho no espelho,
e está difícil ver a mim mesmo.
São tantas as intervenções
que faltam dedos nas mãos para cumprir o ritual.
Pelo menos, pomada voltou a ser medicamento,
o sombrio deixou de ser legal,
a tristeza ficou sem tempo
nessa falta de tempo que virou a minha vida,
o que me faz sorrir:
um sinal de vida em meio aos cosméticos
que fazem da minha face branca,
que é como enfrento os problemas agora.


(Júlio B.)
www.000webhost.com