Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


A Batida de Ouro

As pancadas apenas não seriam suficientes,
emboram tenham cumprido seus papéis.
As pessoas jovens sempre foram o foco,
mas também dessa vez elas faltaram.
Nem a Interpol poderia encontrar
essa gangue que não fez ninguém dançar.
Na arena, o touro é que comandava a onda,
nos autódromos, eram os clubes de bicicletas
que enchiam os cockpits de roncos de motor.
Mentiras brancas, cenas quebradas,
os olhos cintilantes buscavam incessantes
no anteceder de tanta ranhura armada
alguma batida que fizesse o planeta pulsar.
Qual planeta?


(Júlio B.)
www.000webhost.com