Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Capivara Madrugueira

Quantos sabem que você existe?
Quantos sabem das suas aventuras?
Quantos apreciam seus espetáculos nas madrugadas?
Quantos sabem que esse é melhor horário
pra se conseguir a comida que eles nem sabem que você gosta?
Você, capivara rechonchuda,
que se alimenta do mais fino capim durante o dia,
mas fuça lixeiras enquanto o sol dorme,
em busca de qualquer gozo diferente dessa vida,
de sabor e de calor,
quantos sabem que você revira caixas,
vira noites,
quantos sabem disso tudo
e quantos apenas dormem seguros em camas e quartos,
alheios a toda essa vida que no máximo lhes é citada em sonhos?


(Júlio B.)
www.000webhost.com