Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Franca Invenção

A invenção já é tanta
que a dúvida se levanta.
É que já passou da conta,
não tem como, sobra ponta.

Mas isso não é ruim
se não contar contra mim,
ao invés, em meu favor;
é só o jeito de expor.

Basta criatividade
pra tornar pontas verdade:
somos estrelas, moinhos,
somos rosas com espinhos.

E, no fim, pra ser bem franco,
pra ter o preto no branco,
deixando a razão de lado:
prefiro o mundo inventado.

Nele o peixe desejado,
que eu já tinha cutucado
com vara curta e em vão
na pesca com a razão,

caiu tão fácil na rede
que inventei na minha sede.
Foi ele que veio a mim.
Ah, se fosse sempre assim!


(Júlio B.)
www.000webhost.com