Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Leãozinho Covarde

Ourice sua juba
pra disfarçar a covardia de seus atos.
Pra quem olha desatento, talvez seja bonito,
mas não pra quem conhece de fato os seus tratos.

Abdiquei da segurança
pra te esperar na selva sozinho e em vão.
Você sempre tem uma desculpa pra tudo,
mas seu rugido sai sem a menor convicção.

Você não veio,
tampouco deixou que eu fosse sem você.
É disso que realmente gosta, não é?
De manter todos o tempo todo à sua mercê.

Eu gostava de você,
mas sempre gostei mais de mim, e agora é tarde.
Não suportaria seu reino de desculpas baratas.
Você se acha rei, mas não passa de um covarde.

Quer ser adorado?
Encontre então um belo pedestal e suba.
Algum bobo há de acreditar em suas promessas,
mas não eu, não me vislumbra mais a sua juba.


(Júlio B.)
www.000webhost.com