Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Começando A Descida

Eu estou chorando de novo,
e não sei se é só o sono, se é só o cansaço.
Eu estou naufragando no tempo,
sem salva-vidas,
e não vejo saída por onde quer que eu olhe.

Os olhos estão embaçados,
e eu não sei se são as lágrimas,
se é essa tela à minha frente,
ou se é o peso da idade que insiste em me corroer.

Refaço as promessas,
retraço os planos.
Mas, não, não vai adiantar.
Na descida do que resta se vai por inércia.


(Júlio B.)
www.000webhost.com