Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Vinte e Nove Amizades

Quem sabe hoje de fato eu mude?
Quem sabe hoje de frente eu lute?
Quem sabe hoje eu não reclame?
Quem sabe hoje finalmente eu ame?

Quem sabe eu tenha de volta o meu tempo?
Quem sabe à noite eu tenha alento?
Quem sabe eu tenha de volta as vontades?
Quem sabe, as vinte e nove amizades?

Quem sabe hoje a cabeça sare da dor?
Quem sabe hoje, por que não, amor?


(Júlio B.)
www.000webhost.com