Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


A Febre da Loucura

A febre não deixa dormir,
não dá descanso pra nada,
atiça até você não resistir,
não importa que seja madrugada.

Ela conduz a eras de espera -
que não passam de uma hora,
de minutos -, em ruas desertas,
enquanto o desejo seco evapora.

A loucura não perdoa os fracos,
transforma ingenuidade em veneno.
Quebra os sonhos e pisa nos cacos,
mundo tão grande, eu tão pequeno.


(Júlio B.)
www.000webhost.com