Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


O Homem De Casaco Púrpura

E lá estava ele,
aquele a quem eu fatalmente chegaria
no meu instinto natural de buscar
algo que ainda hoje me é difícil nominar.

Lá estava ele,
conectando milhões de peças improváveis,
falando a mesma língua, deixando estar,
surpreendendo até os que esperavam demais.

Ele ficou mais velho,
perdeu um pouco do cabelo,
mas o talento ainda transbordava,
a simpatia conservou-se intacta.

Lá estava ele, com sua energia à jato,
com seu otimismo que roda corações,
pegando tristes canções
e tornando-as melhores.

E foi ficando melhor o tempo todo,
começando como uma viagem por mistérios mágicos,
relembrando amores e amigos,
e no fim cravando as velhas palavras de amor.

Ontem, foi maravilhoso.
Apesar da chuva, estava tudo bem.
Ele tirou o casaco púrpura,
o homem de suspensórios.


(Júlio B.)
www.000webhost.com