Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


A Loucura Dos Dias Engavetados

A loucura é dos engravatados,
que acordam às seis de manhã,
que trabalham o dia todo e dormem cedo,
pra acordar novamente às seis da manhã,
sempre com o pano estrangulando o pescoço.

Atravesso o sol nos meus olhos que abrem
sob os disfarces estéreis que me custam menos.
Burlo controles frígidos e sonho sentado,
nas tardes que viram noites em minhas costas.

Conto poetas no auge de um estado de transe,
dentro da escuridão da qual eu tento multiplicar o tempo
em vão, pois sempre falho, e me consolo em atos fálicos,
escorando desleixado na lua e cortejando as estrelas...


(Júlio B.)
www.000webhost.com