Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Eita!

Eita, acabou.
O nosso sonho acabou.
O que um dia foi o amor pelo qual morreríamos,
agora nem é o bastante pra sermos a prioridade um do outro.
E está certo,
devemos buscar as nossas felicidades,
mesmo que não um ao lado do outro.
Admitir o fim é melhor do que continuar a nos machucar.
Eu sempre te amei exatamente como você era,
e se agora preciso pedir que você mude pra gente continuar,
é porque algo está errado.
Preciso reconhecer isso pra mim mesmo antes de tudo.
Ah, como eu te amei, meu bebê!
Eu te amei em cada átomo,
em cada risco que corremos,
em cada decisão, em cada pensamento.
Além de ser o meu amor,
você foi o meu melhor amigo,
você aprendeu a suportar o meu jeito,
respeitou os meus segredos,
você é a parte de mim que não tem como tirar,
e nem eu quero.
Quero só que você seja feliz,
assim como eu também quero ser.
Eita!
Como é difícil o fim...


(Júlio B.)
www.000webhost.com