Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Desespero

De onde vem esta lágrima que agora corre em meu rosto?
De onde vem?
De onde vem esta angústia?
E pra que tanto desespero?

Para estar aqui, tive de me entender,
e agora já não me entendo tão bem.

Já é tão tarde e eu não estou dormindo.
E esta lágrima ainda insiste em me fazer senti-la.
E eu não sei por que ela existe.
Eu não sei.

Um sorriso e um belo olhar (para mim),
por isso entro em desespero.


(Júlio B.)
www.000webhost.com