Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Do Nada

Você me ligou no meio da tarde, do nada,
pra saber de mim, como eu estava,
pra saber do que realmente me importava.
Pra saciar sem saber a sede que me matava,
pra irritar a mediocridade que me cegava.
Você era tudo o que eu mais gostava.

Aí, você sumiu, do nada.


(Júlio B.)
www.000webhost.com