Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


Quando A Última Esperança Vai Dormir

É hora de respirar fundo e voltar pra solidão costumeira.
Nunca foi assim, de primeira, e isso não é motivo pra desespero.
Quando a última esperança vai dormir,
é porque já é tarde, não acha?
Nem todos usam a madrugada pra contemplar o céu de estrelas.
Essa sensação de fracasso não quer dizer nada,
é só uma sensação de madrugadas solitárias.
Ainda terá um mundo inteiro pela frente até ser real.
E, não leve a mal, não espero mais o mundo de todo mundo que conheço.
Espero tão pouco hoje em dia, eu diria.
Espero apenas que aconteça de verdade.
E sem nenhum desespero,
mas sem ceticismos em exagero,
no fundo, ainda mantenho meu arcabouço piegas e açucarado.
Quando todos vão pra cama,
eu continuo pensando em existências imaginárias,
nos amores que nunca vivo, nos sorrisos que eu não articulo.
Tem sido assim desde menino.
Menino que dorme tarde.
E a esperança em mim dorme tão cedo.


(Júlio B.)
www.000webhost.com