Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


De Um Jeito

Ou de outro,
ou de mim mesmo,
ou quando tudo se abalar,
ou quando a poeira abaixar,
ou quando o sorriso se abrir.

Eu sinto, algo de bom está por vir,
e isso me mantém.
A vida não será assim sempre frustrada,
não se as sementes têm sido plantadas.
E elas têm.

Ou sob chuva,
ou numa curva,
ou quando menos se esperar,
ou quando a barriga gelar,
ou quando o corpo finalmente descansar.

Um dia um amor virá.
Ah, virá!


(Júlio B.)
www.000webhost.com