Início | Versos | Prosas | Músicas | Sobre Mim


A Vida se Mostra como Música

A vida se mostra eterna...
Mas ela não é.
Ela não é.
E quando descobrimos isso... ah!

Devíamos perceber mais cedo
que a morte é mais forte
do que a nossa arrogância!

Tudo o que chamamos de eterno
enfraquece com o tempo, morre.
O tempo não dá trégua,
segue matando a todos
como se fossem insetos
que o atrapalham em seu sono
na escuridão inconsolável do infinito.

Morte não é o antônimo de vida,
é o oposto de concepção:
uma inicia
e a outra encerra
o agridoce espetáculo do viver.
É assim que eu vejo as coisas.

Talvez, se eu fosse mais ousado,
enfrentaria o risco de ser fuzilado,
mas assumo minha parcela de covardia,
que eu às vezes chamo de amor à vida.

Às vezes, eu não consigo suportar e choro.
Caio e levanto, corro em círculos,
dou murro em pontas de facas,
até perceber que continuar é minha única saída.

A dor é só uma fiel companheira de viagem
por todos esses dezoito anos,
inexperientes e mal amados.
Mas sigo viagem.

Nunca pensei que seria fácil,
só desejei não seguir sozinho...
Mas sigo,
almejando sempre alcançar
algum objetivo passional
e me livrar de toda a tristeza
que me trouxe até aqui.

A vida se mostra como música:
não dá pra explicar, é melhor sentir.

Tento manter o foco no que quero,
e tento ser providente,
mas sou apenas mais um romântico
preso em uma estrutura social,
mantendo minha contemplação silenciosa
ao que não posso ter,
acreditando que um dia tudo será possível...

O vento sopra esperança em minha face nua
e eu sei:
não vou desistir tão facilmente.

A vida se mostra eterna, mas ela não é!
Ela não é...

Mas a música continua,
e vou seguindo em frente.

Sou eu mesmo a estrada,
o horizonte
e a minha própria lei.

Sou também sorrisos sem graça,
timidez disfarçada,
silêncio indesejado.
Sim, em sonho eu sou o amor,
e tantas coisas mais.
Sou meu coração apertadinho,
morrendo de medo de nunca ser feliz.

Mas preciso manter qualquer esperança
prudente ou surreal de que vai dar certo.
Preciso acreditar nisso.
É só o que me resta.


(Júlio B.)
www.000webhost.com