Home | Verses | Proses | Songs | About Me


Senhas

Eu gosto dos que secam de desejo,
dos que ardem.
Eu gosto da Adriana Calcanhotto,
porque ela me entende,
ela tem a verdadeira senha
de desejos e vaidades:
depois de ter você,
poemas para quê?
Mentiras, metades,
ninguém entrará por essa porta agora,
assim vai ser melhor, meu bem.
Os retratos eu peguei de volta,
mas e as lembranças?


(Júlio B.)
www.000webhost.com